Category Archives: Default

5 Vantagens em trocar o carro pela bicicleta!

O uso de bicicleta anda sendo incentivado cada vez mais como meio de transporte. O motivo são os mais diversos benefícios do objeto, um dos mais antigos de locomoção no mundo. Vale a pena investir na bike diante de algumas vantagens. Saiba mais!

Quais as vantagens de trocar caro por bicicleta?

Carro chama a atenção pelo conforto em uma longa distância, mas envolve gastos muito maiores e nem sempre é vantagem. Para quem anda avaliando a troca enumeramos cinco motivos que podem valer a pena. 

Economia 

Ter carro na garagem envolve uma lista de gastos a ser pensada. Mesmo comprando 0 km, ele necessita de uma manutenção pontual. Também consome combustível, custo com estacionamento e limpeza e trocas constantes de peças. 

Com a bicicleta temos um custo de manutenção também, mas muito menor. O combustível são as próprias pernas e estacionar não é complexo. Em muitos locais há bicicletários que não pagam nada. 

Valor do transporte

A compra de um carro ou de uma bicicleta também não se compara em valores. Com R$ 1.500 você compra uma excelente bike e todo o seu equipamento de sinalização e segurança. Nem mesmo as motos mais em conta custam apenas isso. As peças são mais baratas também para a troca. 

É um ótimo exercício

Dos exercícios físicos a bicicleta sempre é apontada como um dos melhores. Seu movimento faz uso de muitos grupos musculares e promove a perda de peso, melhoria do sistema cardio vascular e qualidade de vida. 

A ida e volta para o trabalho ou distancias curtas pode ser um ótimo exercício físico todos os dias. Aumenta a resistência física.

Bicicleta não paga impostos

Outro ponto importante. Todos os anos há o pagamento do IPVA MG e outros estados, DPVAT, multas e taxas. Andando na ciclovia e sempre respeitando o trânsito o ‘pedaleiro’ não terá problemas e não possui impostos a serem pagos. 

É um transporte livre de poluentes

É comum das famílias atualmente terem dois ou mais veículos jogando poluentes no ar todos os dias o tempo todo. A qualidade do ar que respiramos já não é das melhores e a tendência é ficar ainda pior nos próximos 10 anos. 

Há um enorme incentivo das cidades tanto de evitar a piorar a poluição e aumento da temperatura nas grandes cidades em consequência como desafogar o trânsito. A bicicleta pode ser bem mais rápida no trânsito caótico de algumas cidades. 

Andar de bike exige alguns cuidados

O veículo de duas rodas deixa o pedaleiro muito exposto e os itens de segurança são essenciais. Um deles é o capacete para proteger a cabeça e o rosto em caso de quedas. 

Para o período da noite é importante andar com lanternas de segurança tanto nos sapatos como na parte de trás da bicicleta. O colete de segurança é importante para ser visualizado pelos carros. Quando o farol cruza com o ciclista ele fica mais iluminado e visível. 

Vale também sempre usar a ciclofaixa quando a cidade a fornece. Quanto menos andar entre os carros melhor, em especial respeitando a sinalização. 

Leave a Comment

Filed under Default

Netflix vale a pena? Como assinar?

Netflix é um serviço de streaming para assistir vídeos dos mais diversos tipos. Funciona como uma TV a cabo, mas com o diferencial de assistir quando e onde quiser. O pré requisito para ter Netflix é ter um aparelho compatível e serviço de internet. E é super simples de usar. Saiba mais!

O que é Netflix e como funciona?

Chegou no mercado timidamente em 2007. Mas em pouco tempo a Netflix mudou a forma de assistir filmes e séries de uma boa parte dos jovens e adultos. O serviço de hospedagens de vídeos dos mais diversos tipos permite visualizar os mais diversos programas por um valor mensal de assinatura.

Você pode pensar: “mas isso é igual a uma TV a cabo”. Na verdade não. Os vídeos ficam disponíveis com tecnologia streaming, a qual usa banda larga para poderem ser visualizados. Ou seja: seja no smathphone, tablet ou TV, é preciso ter internet para conseguir assistir.

O grande diferencial do site é que ele parece uma TV a cabo mas sem os contratempos de um comercial ou precisar aguardar a programação do canal para assistir o que desejar. A empresa funciona com parceria entre os estúdios e distribuidoras. Elas ganham para colocar seus filmes, documentários e séries no site e o usuário assiste tudo o que quiser pagando um valor mensal de assinatura. 

Vale a pena ter Netflix?

Por ser pago é preciso questionar se Netflix vale a pena. Afinal, se o usuário interessado já possui TV a cabo e internet, há uma enorme gama de opções do que assistir gratuitamente. Então por que pagar por mais um serviço?

Um dos pontos positivos é a qualidade. Tudo é com imagem HD. Muitos programas com legenda, dublados ou em áudio original. Os acostumados a baixar legenda não vou perder tempo buscando a linguagem. Também não é pitaria. Tudo é permito de acordo com os direitos autorais e os diretores e donos dos produtos recebem seu percentual. 

Outros pontos positivos do Netflix que fazem ele valer a pena são:

  • Não há intervalos comerciais;
  • Pode assistir de qualquer dispositivo móvel com seu aplicativo;
  • A programação está sempre disponível;
  • Pode-se criar até quatro perfis para diferentes usuários;
  • O catálogo costuma sempre ampliar com uma enorme quantidade de filmes infantis;

Como assinar Netflix

O serviço do Netflix é de pagamento mensal por meio de cartão de crédito. O site oferta 30 dias gratuitos para experimentação, o que ajuda a conhecer e se adaptar aos serviços. Finalizado o período de experimentação o cliente decide se quer pagar ou não.

A assinatura do Netflix é feita de forma simples. É preciso:

  • Entrar no site www.netflix.com ou clicar aqui;
  • Entrar em “cadastrar usuário”;
  • Preencher as informações em branco do cadastro e clicar em “enviar”;
  • Escolher o cartão de crédito para pagamento e em seguida confirmar.

A cada 30 dias a taxa de assinatura é cobrada no mesmo cartão de crédito. Caso não haja limite o usuário é informado para cadastrar um novo cartão ou pode cancelar a assinatura e não será mais cobrado.

FONTE: gmailentrar.blog.br

Leave a Comment

Filed under Default

Diferenças entre as leis trabalhistas do EUA e do Brasil

Tanto nos Estados Unidos como no Brasil existem leis trabalhistas garantindo os direitos de todos os trabalhadores formais (com carteira assinada). Há algumas diferenciações importantes(como não haver Tabela PIS 2018 nos EUA), algumas até que podem servir de exemplo para outros países. Saiba mais!

Leis trabalhistas no Brasil e EUA

No Brasil temos a conhecida CLT para proteger o trabalhador. As Consolidações das Leis de Trabalho garantem que todo o contratado no país, seja ele de empresa pública ou privada, tenha direitos e cumpra as suas obrigações. Protege tanto o patronato como o empregado.

Nos Estados Unidos temos uma região de leis semelhantes, conhecida como United States Labor Law. São bem parecidas com as brasileiras quando se trata de organização e julgamento.Assim como no nosso país as regras norte americanas são que para tratar de assuntos trabalhistas há um ministério em separado, o Ministério do Trabalho. 

Diferenças entre as leis trabalhistas no Brasil e nos EUA

Uma das principais diferenças está no salário mínimo. Enquanto no Brasil temos um valor mensal para uma jornada de 8 horas diárias durante seis dias na semana, nos Estados Unidos ele é estipulado por hora.

Apesar de haver um salário mínimo, nos EUA cada estado pode votar por um valor maior que o federal. Isso gera diferentes salários mínimos para uma mesma função não país, o que não acontece no Brasil.  Aqui o valor é único, mas o patrão pode pagar a mais se assim desejar. Os ajustes norte americanos são realizados para adequar o pagamento à mão de obra de acordo com as necessidades locais.

Quem acha os 30 dias impostos da CLT para férias pouco vai ficar triste em saber que não existem regras federais para conceder férias a seus empregados nos Estados Unidos. Cada empresa pode entrar em acordo da melhor forma. Na Flórida as férias são de apenas duas semanas a cada 12 meses trabalhados, mas pode ser um período mais curto ainda.

Os feriados também não são santificados por lá. Os empregadores podem convocar a equipe toda para trabalho se houver necessidade e não conta como um dia a mais ou hora extra, é salário normal. Por aqui trabalhar em feriado conta como hora extra e vale tanto para banco como pagamento diferenciado por hora trabalhada. 

As mamães no mercado de trabalho norte americano também não estão com vantagens. Elas podem ter até 12 semanas de ausência com salário, enquanto no Brasil as gestantes e lactantes podem somar até 24 semanas.

E 13º salário não existe nos Estados Unidos.

Semelhanças entre as leis trabalhistas no Brasil e nos EUA

E será que há algo em comum entre os dois países? Quando se fala de sistema de trabalho e leis EUA e Brasil tratam bem diferente seus empregados, mas com alguns pontos em comum.

Em ambos os países existe a necessidade de demissão com aviso prévio, mas de apenas alguns dias nos Estados Unidos contra os 30 dias obrigatórios no Brasil. Também é preciso comunicar ausência por doença ou pode gerar demissão de imediato.

Leave a Comment

Filed under Default

Como tratar o cabelos que recebem muita coloração?

Cabelos tingidos periodicamente são lindos, mantém a beleza da tonalidade mas necessitam de cuidados constantes. E tais cuidados vão um pouco além de apenas lavar periodicamente. É necessário um pouco mais de atenção e compromisso com os fios para manter não apenas a beleza como saúde dos fios. Saiba mais!

Cabelos tingidos precisam de cuidado

Os cabelos que recebem coloração são conhecidos como cabelos tingidos ou também cabelos tratados com química. Entram em uma categoria diferenciada no momento de escolher o shampoo ou produtos para tratar como o Luminus Hair.

Não importa o tipo de coloração utilizado para mudar a cor dos fios. Se a tonalidade é modificada então seus cabelos passam a ser considerados tingidos. E ai entram luzes, mechas simples, apenas nas pontas, tingir o cabelo todo, dentre outras.

O grande diferencial dos cabelos que recebem coloração é que as tintas possuem uma quantidade de químicos ao longo das aplicações e elas ficam na fibra internamente, são absorvidas. Quanto mais tintura mais danos são causados ao longo do tempo se os cuidados não acontecerem em igual proporção.

Os problemas que as tinturas podem deixar nos cabelos

A tintura, seja ela de linha profissional ou para uso em casa mesmo, possui uma quantidade de químicos um pouco agressiva para os fios. Dependendo da quantidade (frequência com que os cabelos são tingidos) os danos podem ser severos.

Os problemas mais comuns de encontrar em cabelos tingidos são:

  • Cabelos secos;
  • Fios quebradiços;
  • Nós nos cabelos;
  • Maior quantidade de cabelos brancos.

A boa notícia é que nada é permanente. Com o trato certo não é necessário abandonar a tintura periódica e nem ter cabelos feios. É preciso apenas ter compromisso com o trato seja em casa ou com a ajuda de um profissional.

 

Como tratar cabelos que recebem muita tintura passo a passo

Não é necessário deixar de pintar os cabelos com uma certa frequência, mas seria interessante dar uma pausa de ao menos algumas semanas antes da próxima. Quanto mais longo for o intervalo entre as pinturas melhor. Outros cuidados indicados são:

Fazer uma hidratação semanal – tingidos ou não os fios sofrem danos severos no a dia com a poluição e outros problemas do meio ambiente e produtos químicos. Hidratação sempre faz bem e ajuda bastante a repor a nutrição da fibra capilar. 

Sempre lave depois de sair da praia ou piscina – ao contrário de algumas lendas populares não há problema em tomar banho de praia ou piscina com cabelos tingidos. Contudo, use cremes com protetor solar e lave assim que sair do local. Uma hidratação ajudaria muito.

Corte os fios constantemente – ajuda a forçar o crescimento saudável dos cabelos. Também evita pontas duplas e quebradas e outros problemas comuns de cabelos ressecados.

Use tinta sem chumbo – além de fazer um enorme mal para a saúde o chumbo é o maior responsável por cabelos ressecados e sem vida. Evite o produto ao máximo. Na dúvida analise a composição ou peça uma indicação ao seu cabeleireiro.

Leave a Comment

Filed under Default

Melhores filmes de terror baseados em fatos reais

Existem diversos filmes de terror baseados em histórias reais que dão medo em muita gente por ai. Muitos desses filmes você podem nem ter ouvido falar, mas se gosta desse tipo de filme, com certeza vai sentar para assistir. 

Por incrível que pareça, muita gente gosta de sentir aquela sensação de medo e aquele calafrio na barriga ao assistir algum filme de terror. Apesar disso, mesmo sendo amantes dos filmes de medo, algumas pessoas perdem o “rebolado” quando descobrem que a história que assistiram foi baseada em fatos reais. 

Claro que esses filmes são produções hollywoodianas e tem todo o exagero nas histórias. No entanto, todos os fatos que aconteceram nos filmes logo abaixo geraram muito medo nas pessoas que já assistiram. 

Filmes de Terror Baseados em Fatos Reais: 

O Exorcista 

Um dos melhores representantes de filmes de terror baseados em fato reais, acompanha a tentativa de dois padres de tirar um demônio do corpo de uma menina de 12 anos. A história foi baseada em um artigo publicado em 1949, numa possessão que aconteceu com um garoto de 13 anos em Mount Rainier, Maryland. 

Todo o filme se baseia no diário do padre, tentando por diversas vezes expulsar o demônio. Em meio as tentativas, vários móveis se moviam dentro da casa, além da mudança de voz da garota. No final, acaba o padre morrendo. 

Apesar de ter um fundo de verdade, há relatos que o comportamento do menino em que o filme foi inspirado, não tinha comportamentos tão agressivos e nem sobrenaturais como foi mostrado no filme. 

Evocando Espíritos

Também baseado em fatos reais, o filme Evocando Espíritos conta a história de uma família que é obrigada a se mudar para perto de uma clinica onde Philip, o filho do casal, se tratava contra um câncer. Logo depois da mudança, eles começam a presenciar uma série de eventos sobrenaturais e é ai que descobrem que a casa onde moram era um necrotério no passado.

A história do filme foi inspirada nos relatos de Al e Carmen Snedeke, um casal que morou em uma casa supostamente assombrada, onde antes funcionava uma funerária. Além do filme, o relato inspirou ainda um documentário sobre a tal casa. 

A Marca do Medo 

A trama fala sobre sobre um grupo de pesquisa de uma universidade chefiada por um professor, também psicologo dedicado a comprovar que a mente humana é responsável por criar seus próprios demônios.

Para comprovar isso, os pesquisadores isolam uma mulher perturbada chamada Jane Harper, em uma casa e começam a fazer experimentos para provar que a possessão demoníaca da mulher é apenas uma façanha da sua própria mente.

Na história real, o grupo de pesquisa realmente existiu, mas os relatos foram feitos por o único sobrevivente da equipe, que ficou perturbado. 

Terror em Amityville

É considerado um dos melhores filmes de terror baseado em fatos reais e um dos mais assustador. O filme conta a história de um casal com três filhos, que se mudam para a cidade de Amityville, e compram uma casa onde um homem, assassino cruel, matou os seus pais e mais quatro irmãos a tiros. 

E com o passar do tempo, a família começa a ver coisas estranhas na casa e a força maligna começa a transformar o filho do casal em uma ameaça aos demais membros da família. 

O Exorcismo de Emily Rose

Outro dos filmes de terror baseados em fatos reais que mais assusta é o Exorcismo de Emily Rose. O filme relata a história de uma advogada, que se envolve na defesa de um padre, líder de um exorcismo que resultou na morte de uma garota chamada Emilly, supostamente possuída por espíritos malignos.

A trama remonta a história real de Anneliese Michel, uma alemã de 16 anos que apresentava sinais de possessão e que passou uma por duras sessões de exorcismo durante 10 anos.

 

Leave a Comment

Filed under Default